05 motivos para você utilizar o vídeo em seus projetos


Em pouquíssimos anos, mais de 80% do conteúdo que iremos consumir será através de vídeos; para alguns, já passamos dessa porcentagem. A questão é que a cada dia que se passa, as plataformas digitais se reinventam para levar cada vez mais imagens, sons e movimentos até você.

Além das plataformas, que nos proporcionam diferentes opções de formatos de criação de vídeo, a tecnologia que temos em mãos nos dá autonomia para criar o nosso próprio conteúdo, sem que necessariamente, tenhamos grande domínio técnico de operação e de produção com qualidade cinematográfica impressionante (a não ser que faça sentido para o seu projeto).

Gravando!

1) Mobilidade

A cada ano as empresas que produzem aparelhos móveis buscam entregar a melhor tecnologia possível para os seus consumidores, e a qualidade das câmeras é fator decisivo para os usuários, na hora de optar por um determinado modelo ou marca.

A grande facilidade de se produzir vídeos em qualquer lugar e momento, por parte dos usuários, tornou os smartphones e tablets ferramentas poderosíssimas de produção de conteúdo em vídeo.

Além disso, existe um custo benefício considerável, já que para ter acesso a essas tecnologias é possível investir menos de R$ 1.000,00 em um aparelho.

2) Plataformas de vídeo (Tecnologia + Diferentes formatos + Envolvimento)

Seja no Facebook, Instagram e Youtube, o seu vídeo pode ser hospedado de forma gratuita e em qualquer formato, em cada uma dessas plataformas. O que vai mudar aqui é a sua estratégia (é sempre bom ter uma) e objetivos com esse tipo de conteúdo.

Vamos dar uma pausa aqui, para apresentar algumas características básicas dessas plataformas:

Facebook

A cada ano a maior plataforma social do planeta se aprimora para tornar o seu espaço cada vez mais atraente para produtores de conteúdo em vídeo. O Facebook recebe todo tipo de formato de vídeo, mas a estratégia que melhor se aplica (atualmente) à plataforma são de vídeos de curta duração, especialmente aqueles de até 01 minuto (sugestão feita pela própria ferramenta).

A linha do tempo (timeline), característica principal da plataforma, “força”, mesmo que inconscientemente que os usuários “rolem” sempre para o próximo conteúdo e por isso, dedicam pouquíssimo tempo em uma única postagem, ou seja, nesse caso quanto mais curto o vídeo, melhor o seu desempenho.

Mas... não basta ser curto. Uma métrica avaliada pelo Facebook é o número de pessoas que assistiram pelo menos 10 segundos do seu vídeo (já foi de 03 segundos), ou seja, esse tempo é primordial para reter a atenção do seu público com uma mensagem atraente.

Capriche nos primeiros segundos do seu vídeo e envolva os seus seguidores.

Visualizações de 10 segundos

Dica: Como a maioria dos vídeos na timeline iniciam-se “sem audio”, procure colocar o título do conteúdo logo no início. Considere colocar legendas nos seus videos para que se torne acessível para aqueles que não podem ouvir o áudio por questões técnicas ou físicas.

Obs: Em breve o Facebook lançará no Brasil o “Watch”, plataforma dedicada aos conteúdos mais longos. Veja aqui.

Instagram

Por ter o mesmo dono, é possível encontrar características semelhantes para vídeos do “Face”, aqui no “Insta”. No entanto, algumas ações funcionam melhor na plataforma dedicada ao mobile.

Por exemplo, as hashtags (#) no Instagram tem maior potencial de alcance com as suas publicações e o Stories, vídeos curtíssimos de até 15 segundos e temporais (ficam disponíveis por 24 horas), funcionam muito bem na plataforma.

É preciso compreender as características do Instagram, especialmente pelo fato dela ser dedicada para ações realizadas diretamente do seu celular, dessa forma, ela traz facilidade e agilidade na produção de conteúdo em vídeo.

Por fim, é importante lembrar que você pode escolher publicar no Facebook simultâneamente, ao “subir” o seu vídeo através do Instagram.

Obs: Os videos publicados na timeline tem obrigatoriamente que ter 60 segundos (01 minuto), e os vídeos no Stories, de 15 segundos.

Recentemente, foi lançado o IGTV (Instagram TV), ferramenta

que disponibiliza conteúdo em vídeo de longa duração e em formato vertical. Conheça aqui.

Ícone do IGTV

Youtube

A mais conhecida e bem sucedida plataforma de vídeos do mundo, ajudou a alavancar uma recente e prósperas profissão: o Influenciador Digital. Ainda que não seja uma característica somente do Youtube, já que os Influenciadores criam conteúdos multiplataformas, a expressão “Youtuber”, ajudou a identificar os indivíduos que obtiveram sucesso através dele.

Ao longo de mais de uma década, o Youtube adaptou-se às mudanças no consumo de vídeos pela Internet, e hoje, uma das estratégias que melhor que se aplica a plataforma, são os vídeos mais longos, que variam entre 5, 10 e 15 minutos em diante.

Por conta disso, uma das métricas do Youtube refere-se ao tempo assistido por cada usuário, mas ao contrário do Facebook, por exemplo, entende-se que os “melhores” conteúdos são aqueles em que a audiência gasta mais minutos assistindo.

Além disso, é possível organizar os seus vídeos através de playlists personalizadas para facilitar o acesso à eles. Quer aprender mais? Acesse o Youtube para criadores aqui.

3) Transmissões ao vivo (aqui e agora!)

Fazer uma transmissão ao vivo tornou-se mais acessível com a evolução das plataformas digitais. Hoje, qualquer pessoa pode mostrar em tempo real o seu projeto e trabalho. A grande vantagem da transmissão ao vivo é notificar todos os seus seguidores, ação que ficaria limitada as estratégias de patrocínio de publicações, por exemplo.

Mas lembre-se, uma transmissão ao vivo demanda planejamento, não há maneiras de se editar o conteúdo, por isso, realize boas escolhas em relação ao local de captação das imagens e sons.

Dica: Realize testes preliminares de aúdio e video, antes de iniciar a sua transmissão.

Obs: Todas as plataformas acima realizam transmissão ao vivo.

4) Humanize a sua mensagem (Crie conexões)

O vídeo tem a capacidade de reunir imagens, sons e movimentos. Essa característica é enriquecedora e proporciona uma experiência sensorial única para quem assiste. Tudo isso, para que a sua comunicação possa envolver e engajar a sua audiência.

5. Conte a sua história (Narrativas originais)

Pense em como você gostaria de narrar a sua trajetória, profissional e/ou pessoal. O objetivo do seu vídeo deve estar pautado em criar emoções a sua audiência e por isso, produzir um roteiro e planejar a produção da sua comunicação são etapas importantíssimas. Pense: Sobre o que você quer falar? Sobre quem? Por que? Onde? Com qual trilha?

Ao detalhar essas informações você terá maiores condições de produzir um vídeo genuíno sobre o seu projeto ou trabalho.

Conclusão

As plataformas digitais trouxeram facilidade, acessibilidade e autonomia para a criação de novos conteúdos em vídeo. Entre características técnicas e criativas, o vídeo é sem dúvidas uma ferramenta poderosa e capaz de levar o seu projeto a um novo estágio em sua estratégia de comunicação.

Ficou na dúvida dos formatos de vídeos?

Paisagem :1920 x 1080 (Todas as plataformas)

Quadrado: 1080 x 1080 (Facebook e Instagram)

Stories: 1080 x 1920 (Facebook e Instagram)

#produçãoaudiovisual #Smartphones #Video

Posts Relacionados

Ver tudo
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.